GWS Icone Hoario Expediente PrefeituraExpediente das 08h as 14h

Prefeitura Municipal de Rosário Oeste

Você está aqui:

Segunda, 29 Maio 2017 08:53

Prefeito e Turismólogo de Rosário Oeste participam de debate na AL MT

Publicado por:

18581611 1242483785850074 5035289310719323410 nO Prefeito de Rosário Oeste João Balbino que é Presidente do Consórcio Intermunicipal do Vale do Rio Cuiabá e o Turismólogo Rosariense Naftali Uller Alves participaram de debate na Assembleia Legislativa do Estado onde se discutiu o potencial do turismo nos municípios do Vale do Rio Cuiabá no final da tarde dessa segunda-feira (22). O assunto faz parte de um projeto para incrementar o fomento neste setor e buscar mais investimentos para o desenvolvimento do turismo mato-grossense.

Representantes de diversos segmentos voltados ao turismo participaram da audiência pública, solicitada pelo deputado e professor Allan Kardec (PT), que tem por objetivo fazer cada vez mais do turismo uma opção para o desenvolvimento da economia das cidades da Baixada Cuiabana.

Durante a audiência foi proposta a criação de um Conselho Estadual de Turismo e também a formação de uma Associação de Capacitação do Potencial Turístico da região. A documentação será elaborada e anexada à um Projeto de Lei com as propostas discutidas na audiência.

“Esse debate me motivou devido ao novo modelo econômico de Mato Grosso que é o turismo. Atualmente, o Estado investe no agronegócio e esquece que Cuiabá não planta grãos. Por isso, o potencial turístico que os municípios do Vale do Rio Cuiabá oferece necessita de políticas públicas voltadas para esta área”, disse Kardec.

O Vale abrange os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Acorizal, Jangada, Rosário Oeste, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antônio de Leverger, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Nobres, Nova Brasilândia, Planalto da Serra e Poconé.

“Esses municípios contém potencialidade enorme. A audiência é para buscarmos alternativas de fomentar mais o setor. Vamos formatar um documento que será encaminhado ao governo do estado e, um Projeto de Lei contará com propostas para o desenvolvimento do turismo em Mato Grosso”, disse Kardec.

Em julho do ano passado, o Governo do Estado do Mato Grosso apresentou, durante evento em Cuiabá, as diretrizes para a elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, assim como o detalhamento do projeto, que irá identificar problemas e buscar soluções em áreas comuns dos municípios que integram a região, como mobilidade urbana, meio ambiente, saneamento, desenvolvimento econômico e social, habitação, saúde, educação, segurança, lazer, turismo e esporte.

Para o presidente do consórcio do Vale do Rio Cuiabá e atual prefeito de Rosário Oeste, João Balbino, o potencial turístico desses municípios necessita ser melhor explorado, mas para isso, são necessários recursos para infraestrutura. “É um assunto que requer uma discussão ampla. A a audiência proporcionou essa oportunidade para que todos pudessem expor suas alternativas e também ouvir as propostas da população em geral”, avaliou.

Prefeitos, secretários municipais, estudantes de turismo, representantes de faculdades, associações de comerciantes e municípios da região, sindicatos do setor, entre outros segmentos da área, participaram da audiência pública.

O secretário de Estado de Turismo, Luis Carlos Nigro, disse que o governo do estado vem melhorando a infraestrutura do setor turístico, com a construção de pontes e recapeamento em diversas rodovias estaduais. Para ele, o trabalho é a longo prazo e necessita de tempo para começar a aparecer os investimentos.

“A capacitação com a realização de obras de infraestrutura está melhorando a classe turística do Estado, sendo que, essa audiência pública é o momento para a população, prefeitos e secretários expor propostas para o desenvolvimento do setor”, afirmou Nigro.

Já o presidente da Confederação Nacional do Turismo Regional Mato Grosso (CNTRMT), Jaime Okamura entende que o turismo sofre alguns entraves, principalmente, na parte de divulgação nacional e internacional.

“Precisamos vencer algumas barreiras, como por exemplo: internacionalização do aeroporto; investir no marketing turístico de Mato Grosso; melhorar a capacitação do setor; e investir na infraestrutura das regiões turísticas em setores”, destacou Okamura.

Ainda, segundo o presidente da Confederação Nacional, para se desenvolver o turismo necessita de iniciativa privada, governo e interesse da população.

“Essa pode ser uma das saídas fundamentais, pois o governo precisa fazer trabalho com diálogo com todas as partes interessadas com planejamento voltado em projetos diretos para o desenvolvimento”, falou ele.

De acordo com a secretária de Qualificação e Promoção de Turismo Nacional, Teté Bezerra, o Governo Federal trabalha com o propósito de formar parcerias para promover o turismo nos estados.

“Cuiabá é a porta de entrada do turista em Mato Grosso, que posteriormente, faz sua opção de escolha de local. Essa região possui um raio de até 150 quilômetros com vários municípios que possuem potencialidades, então, precisamos melhorar a sinalização e oferecer estrutura adequada para os visitantes”, argumentou Teté.

O guia turístico do município de Rosário Oeste, Natanael de Almeida é um dos profissionais que sofre com a falta de sinalização e estrutura na região. Ele falou que trabalha com poucos recursos para levar os turistas nos locais desejados.

“A falta de indicação dos locais é um dos fatores que dificulta o acesso das pessoas. Já foi pedido para a Secretaria Estadual de Turismo melhorias nesta parte, mas até agora nada foi feito”, reclama o guia.

2A

Ler 174 vezes

Prefeitura de Rosário Oeste